domingo, 26 de junho de 2011

MUSEUS = REFERÊNCIA DE CRIAÇÃO DE MODA

Imagine um trabalho acadêmico, em que você deva visitar  museus, os mais díspares possíveis - como o do Transporte, do Futebol, do Ipiranga, Arte Moderna, entre outros -  escolher uma obra qualquer (escultura, fotografia, pintura, instalação, objeto) e dela, tirar inspiração para criar uma peça de moda...
Pois foi, exatamente, isso que foi proposto ao grupo dos alunos iniciantes do curso de Design de Moda da FPA (Faculdade Paulista de Artes), para a avaliação semestral final. Dessas visitas-pesquisas deveria resultar um chemisier...
“Criar moda de moda é muito fácil...O barato é criar moda de onde se menos espera”. Afirma Robertto Dias, diretor da AmeJeans e professor de Desenho de Moda e Modelagem dessa instituição. “A atividade serviu, entre outros aprendizados, para que os alunos compreendessem que devem  pesquisar em outras fontes, buscar novas referências, que não a da moda...Afinal, ela é dinâmica e não se circunscreve a um só limite, tão pouco pode ser explicada num só tema de estudo...Tudo e todos os meios de informação, sejam novos, velhos, belos, feios são motivo, para esse tipo de atitude...”, conclui o professor.
Vejam a imagens...

Frente


Costas

Museu do Futebol: A bola e a taça, juntas no campo da criação...

Museu dos Transportes: A criatividade pegando carona no bonde...

PINACOTECA: A manifestação artística da dualidade feminina  presente na peça desenvolvida...


Museu do Ipiranga: O chá da família real dando sabor...


MAM: Sustentabilidade como propulsão à criatividade...

Museu de Arte Sacra: A santidade ditando a moda...

Museu da Língua Portuguesa: A leitura como referência...