segunda-feira, 27 de agosto de 2012

MODELAGENS JEANS GRATUITAS TODO MÊS



No ar, desde o dia 11 de março de 2008, o bureau eletrônico AME JEANS surgiu com o objetivo de reunir num só lugar a possibilidade de se ter a criação de modelos, em croquis técnicos, consonante às referências de moda dos pólos lançadores de comportamentos, no Brasil e no exterior, com a respectiva modelagem, numa abordagem mais prática.
No intuito de agregar mais valor e prestar um serviço de qualidade superior a seus clientes e parceiros, o website inovou, mais uma vez.
Agora, por uma pequena taxa mensal, no valor de R$ 25,00, o assinante, além do acesso a novos modelos semanais, masculinos e femininos, terá todo mês disponibilizadas 10 novas modelagens, testadas e ampliadas, pelo sistema CAD AUDACES, inteiramente, grátis.
A loja virtual de modelagem continua da mesma maneira, ou seja, se desejar um modelo, basta adquiri-lo no mesmo espaço.
 Para ter acesso gratuito por uma semana e conhecer os serviços da empresa, basta se cadastrar, criar seu login e baixar quantos modelos quiser nesse período, inclusive as modelagens.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

MODA NOS CORREDORES DO SENAC MODA INFORMAÇÃO INVERNO 2013

Aconteceu hoje a 40ª edição do SENAC MODA INFORMAÇÃO, que apontou as direções do Inverno 2013. 
A moda da próxima estação inicia sua viagem no início do século passado, entre leituras do dandies e do fascínio dark, faz uma parada nos anos 50 e 60, reinterpreta a Belle Époque,  e segue viagem para o Oriente. Finalmente, para na moda jovem street...
Nesse passeio, de uma forma bem particular, o jeans, guiando-se por essa bússola fashion, apresenta ao mercado vários caminhos a seguir. Um deles, em especial, é o conforto, tanto nas camisas de forma ajustada ao corpo ou quadrada, quanto nas calças skinnies, que vem numa nova "pegada", embora justas, muito mais confortáveis, pelas padronagens dos tecidos, quanto pela composição, das mais variáveis possíveis.
E entre os corredores do evento já se podia perceber a força dessa linha inspiracional nas lavagens e formas das calças e camisas do povo fashion. 
Afinal, para trabalhar com moda, deve-se ter atitude e sempre saber ler as tendências com antecipação!
Confiram as imagens as fotos...

Cereja é a cor da estação, aposte!
 
Outro hit da estação é a camisa, de várias formas, em vários cortes!!!

Calças com lavagens das mais variadas...Destaque para os degradês, tipo "molhado de chuva", puídos discretos ou devorês em quase toda extensão da peça...
Quanto às formas, desde a skinny bem justinha, passando pela reta, até a calça pijama  confortável.

Um toque de romântismo no ar na calça com abotoamento estratégico, acompanhada da blusa mais comprida atrás...

...e um brilho discreto para arrematar e evidenciar toda a feminilidade!

terça-feira, 21 de agosto de 2012

JEANS ESTONADO COM PNEUS RECICLADOS

Imagem: Galeria do Google

Paralelo à Febratex – Feira Brasileira da Indústria Têxtil também ocorreu um ciclo de palestras de novidades sobre o mercado.
Uma delas foi a apresentação da professora Kátia Hipólito, do SENAI "Francisco Matarazzo", de São Paulo, que discorreu sobre o tema : Estonagem de jeans com pneus reciclados – uma alternativa ambiental, e explicou mais sobre o processo.
No Brasil já se usa pneus para solados de sandálias, mas segundo Kátia, na área têxtil é a primeira vez que os quando jogados pneus fora,estão sendo utilizados como pesquisa para se tornarem um novo processo de estonagem para jeans (usado em lavanderias).
Ainda segundo a professora, a pesquisa desenvolvida pelo SENAI de São Paulo obteu ótimo resultado do uso do pneu nos processos de beneficiamentos,o qual substituiria as enzimas que são usadas atualmente. A vantagem do pneu é custo beneficio dentro da sustentabilidade: com o novo processo se perde pouca massa , não se degrada as máquinas, o toque das peças não sofre mudanças e dá para utilizar o mesmo pneu até 120 vezes nas lavagens.
O objetivo é utilizar o processo de estonagem utilizando novos produtos como insumos básicos, os quais têm o propósito da utilização de um produto reciclável que ora era um passivo ambiental. O projeto continua em pesquisa sem data para viabilização para o mercado.
Confira abaixo as fases do processo dessa técnica:




Fonte:GuiaJeans

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

NEY MATOGROSSO: ROUPAS E ACESSÓRIOS EM 40 ANOS DE CARREIRA

Imagem: Galeria do Google

De 17 de agosto a 14 de dezembro, o Centro Universitário Senac - Campus Santo Amaro abriga a exposição gratuita Cápsula do Tempo: identidade e ruptura no vestir de Ney Matogrosso. As peças foram doadas pelo cantor para a instituição de ensino que, após a mostra, terá um espaço permanente disponível para pesquisas.
Com curadoria do carnavalesco Milton Cunha, a mostra apresenta 30 figurinos que foram restaurados pelo Senac e serão expostos em manequins especialmente fabricados com as medidas e feições de Ney Matogrosso. Haverá ainda objetos originais como sapatos, colares e outros adereços usados pelo artista em shows e apresentações durante os 40 anos de carreira. A mostra será dividida em três ambientes: Ney Neandertal, Ney Farol e Ney Pérola, ornamentados com fotos e músicas do homenageado.
 Em Ney Neandertal serão apresentados looks criados com objetos de estilo tribal, como penas, ossos, cocares e chifres. Estão por lá os figurinos usados nos shows Aventureiro, em 1984, Matogrosso, de 1982, e pelo cantor no grupo Secos & Molhados, em 1973. Ney Farol valoriza roupas fabricadas com bordados, brilho, strass e paetês como as peças dos shows Um Brasileiro, de 1996, Destino Aventureiro, 1984, e Inclassificáveis de 1987. Já na ala Ney Pérola merecem destaque os trajes inspirados no universo da moda com roupas criadas por estilistas consagrados, a exemplo do conjunto de blusa e calça bordados, que acompanha o adereço de cabeça criados por Ocimar Versolato especialmente para o show Batuque, em 2001.
 Os figurinos que compõem a mostra integram o acervo com cerca de 220 peças originais doadas pelo cantor ao Centro Universitário Senac para restauração e catalogação. O material está acondicionado na reserva técnica do espaço Ney Matogrosso, instalado na biblioteca do Centro Universirtário Senac – Campus Santo Amaro. É o primeiro espaço de pesquisa de indumentária dedicado a um cantor de MPB.
 Além da exposição, Ney Matogrosso e o curador Milton Cunha participarão no dia 16 de agosto da palestra Preservando Memórias: um encontro com Ney Matogrosso, sua criatividade e originalidade para alunos e professores do Centro Universitário Senac.
           
Serviço:
Cápsula do Tempo: identidade e ruptura no vestir de Ney Matogrosso
Data: de 17/8 a 14/12
Horário: de 2ª a 6ª, das 9 às 21 horas e aos sábados, das 8 às 17 horas
Local: Centro Universitário Senac – Campus Santo Amaro – Av. Eng. Eusébio Stevaux, 823, Santo Amaro, São Paulo
Informações: 11 5682-7300
Gratuito

terça-feira, 14 de agosto de 2012

SENAC MODA INFORMAÇÃO - INVERNO 2013


Informação profissional nunca é demais, quanto mais se tiver sobre o segmento, no qual se atua, tanto melhor. Na moda não é diferente. Pelo contrário, vende mais quem chega primeiro...
Alçado a um patamar respeitado no setor, o SENAC mais uma vez, em consonância com o novo calendário da moda brasileira, apresenta o SENAC MODA INFORMAÇÃO INVERNO 2013, que acontecerá no próximo dia 23 de agosto.
O evento repassa aos profissionais do mercado brasileiro de moda as pesquisas realizadas e as informações obtidas por consultores da instituição nos principais centros internacionais da área. 
Confira a programação e faça sua inscrição aqui 

Programação:No Auditório Celso Furtado

7h30 às 8h30 - Recepção e entrega de material;
8h30 às 9 horas - Café de boas-vindas
9 horas - Abertura, com Danielle Monteiro Martins, gerente do Senac Lapa Faustolo;
9h10 às 9h50 - Moda para a Nova Classe Média: um mercado de 55,7 bilhões de reais, com Renato Meirelles, sócio-diretor do Data Popular
9h55 às 10 horas - Temas Inverno 2013
10 horas às 10h50 - Tecidos, Cores e Padronagens, com Luciana Parisi
10h55 às 11h35 - Feminino Contemporâneo, com Lilian Tozatto
11h40 às 12h30 - Fast Fashion, com Denise Morais
12h30 às 14 horas - Intervalo
14 horas às 14h45 - Acessórios, com Beth Salles
14h50 às 15h30 - Jeanswear Feminino e Masculino, com a consultora de moda Bia Aidar e o gerente de produto Mauricio Lobo
15h35 às 16 horas - Masculino, com Mauricio Lobo
16 horas às 16h30 - Intervalo
16h30 às 17h15 - Responsabilidade Social na Cadeia do Vestuário, com Luciano de Cia, diretor da Associação Brasileira do Varejo Têxtil.

Palestras simultâneasNo Auditório A

10h55 às 11h35 - Infantil – menino e menina, com Roberta Paes
14 horas às 14h30 - Street Style Masculino, com Guilherme Scarano
15h40 às 16h10 - Street Style Femino, com Caroline Sresnewsky
16h30 às 17 horas - Malharia Retilínea, com Cecilia M. Seibel
17h05 às 17h30 - Lingerie e Loungewear, com Patricia Castellões
17h35 às 18 horas - Lazer e Activewear, com Tima Baddini

Mais informações, clique aqui

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

JEANS DE SEDA SUSTENTÁVEL CHEGA AO MERCADO



A fiação artesanal de seda O Casulo Feliz, sediada na cidade paraense de Maringá, acaba de lançar o jeans de seda no mercado brasileiro. O tecido é composto de 50% seda, 25%pet e 25%algodão.
“Como o pet esquenta muito no corpo por ser um poliéster, agregamos o algodão para neutralizar a temperatura do pet e dar mais conforto ao consumidor”, explica Glicínia Seterenaski, designer e diretora de O Casulo Feliz.
Devido a esse processo, o jeans de seda se torna um produto ambientalmente sustentável.  A fibra do pet e do algodão costumam ser dispensadas pela indústria, assim como o casulo usado tradicionalmente na produção. É um processo revolucionário tecnologicamente, que dispensa lavanderia e amaciamento.
“Por não utilizarmos lavanderia e amaciamento, contribuímos ainda mais com o meio ambiente ao não dispensar produtos químicos na natureza e economizar, pelo menos, 80 de litros de água por peça lavada”, ressalta Glicínia.
O jeans de seda é leve, macio, confortável e tem uma característica única: o visual com tons de prata acentuado. Importantes grifes do Brasil e do exterior já demonstraram interesse em adquirir o tecido para usar em suas coleções.

Fonte: ESHOJE

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

ESTILO & DESIGN

Montagem com imagens da Galeria do Google
 Ao desenvolver uma coleção de vestuário, seja a empresa de qualquer segmento ou porte, muitos aspectos devem ser considerados. Mas, sem sombra de dúvidas, um deles, de importância vital, é a diferenciação clara do departamento de criação, do que é estilo e o que é design.
Duas palavras, que se confundem na prancheta, mas com significação totalmente diferentes, que acarreta uma série de problemas conceituais, para o produto, que na maioria das vezes, não se identifica nem com um nem com outro...É mais um entre tantos!
A preocupação das confecções, em sua totalidade, é pura e simplesmente com o estilo. Entretanto, se o estilo, não vier ligado a um design coeso, inteligente, certamente a sua roupa tem tudo para dar errado. E sempre dá! Como disse, é só mais uma peça, no meio de tantas outras...
Quem trabalha com consultoria de estilo ouve quase todos os dias pérolas do tipo “Por que a minha loja não vende tanto, quanto os meus concorrentes, se eu faço as mesmas peças, que as dele?” Deve ser porque exatamente, você faz as mesmas roupas, que ele. Quem sabe, o público-consumidor do produto dele, não é o mesmo, que o seu? Ou, ao achar que está fazendo as mesmas coisas, está indo em direção oposta ao seu cliente. Ou, ainda, para quem, efetivamente, você produz a sua moda?
Que valores agregados ela traz consigo, a ponto de estimular as pessoas a consumí-la de corpo (literalmente) e de alma? Essas perguntas devem nortear quem cria e serem aceitas pelos empresários do segmento de vestuário-moda.
Imagem: Galeria do Google
Lembremos que trabalhamos “com” e “para” as pessoas. E pessoas supõem sentimentos, por mais circunspectos, que possam transparecer... Ao vestir uma roupa, o homem, a mulher, a adolescente, a criança vestem uma série de signos abarcados ao longo da pesquisa do criador, no que diz respeito ao estilo e, principalmente, no design, além das intrínsecas do seu corpo vestido, com seus respectivos repertórios. Conciliar esses mundos é o propósito de uma “grande” criação, refletida numa peça de roupa.
Criação essa, que não é menor se durar uma estação ou uma época. Apenas foi ao encontro dos anseios de quem realmente importa: o cliente final.
Não à toa, o tailleur de Chanel, o corte enviesado de Madeleine Vionnet, o estilo Safari de Yves Saint Laurent, as listras de Giorgio Armani estão aí há tanto tempo, reeditados, relidos e revistos, em toda temporada.
Imagem: Galeria do Google
Design é um conceito mais amplo que estilo, enquanto um - o estilo - se preocupa com a aparência do produto, gerando deslumbramento ou indiferença, de uma forma superficial, o outro - design - se detém  no "além da aparência", ele cala mais fundo ao coração, vai ao cerne da idéia, contribuindo tanto com a sua utilidade, na proposta, quanto com a sua aparência, enquanto efeito.
Uma roupa, por mais linda que seja, se não for prática, usável e vendável, não interessa ao mercado. Por isso, estudiosos do setor, também, prestam atenção a esse respeito..Um produto perfeito, para Kotler, é aquele que consegue fazer a simbiose entre um bom estilo e um bom design, porque podem atrair a atenção, melhorar o seu desempenho, cortar custos de produção. Além de dar forte vantagem competitiva no mercado-alvo.
No Brasil, ainda há o ranço de que para ser bonita a peça deve ter traços americanos ou europeu, o que é muito fácil  para os pseudos estilistas, que se autodenominam fashion designers viajarem aos grandes centros de moda, às feiras específicas do setor, comprarem um "sem fim" de peças, revistas, catálogos e no esquema "copiar e colar", desenvolverem suas coleções, aonde "nada combina com nada" e a conversa entre os produtos torna-se uma verdadeira confusão...
Imagem:Galeria do Google
O "copiar" sugere uma grande medida de bom senso estético e certa praticidade. O que faz da cópia, não mais uma cópia, pura e simplesmente, mas uma leitura, do que fora apresentada...
É bom estarmos de olhos e mentes bem abertos, quanto ao que acontece à nossa volta. Seja, no concorrente, ao lado de nossa empresa, ou no que as grandes marcas e criadores internacionais estão fazendo.
Em tempos de competição acirrada, a combinação perfeita entre o estilo e o design, em união com o benchmarking assertivo deve ser exaurida ao extremo, sempre com criatividade e, principalmente, ética....Esta, a meu ver é a que mais falta em nosso setor.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

REVISTA E GRIFE ITALIANAS PROCURAM MODELOS PLUS SIZE

A marca italiana Elena Mirò, especializada em roupa plus size, juntou-se à revista “Vogue” do mesmo país para a escolha de quatro modelos curvilíneas que serão porta-voz da grife em um evento que acontece no dia 19 de setembro, durante a semana de moda de Milão, de cujo line-up ela faz parte. Nessa época, a marca anuncia também um novo projeto “feminino, sexy e glamoroso”, segundo descrição da publicação italiana.
O concurso é aberto e as concorrentes devem mandar duas fotografias – uma de corpo inteiro e um retrato – para o mail curvyglam@condenast.it, até ao dia 31 de agosto. A única regra, além da altura mínima exigida de 1,73m, é o tamanho do figurino: 44 e 46 em medidas brasileiras.
Se você ainda não conhece, vale a pena dar uma olhada na seção do site da “Vogue” reservada à moda plus size. Franca Sozzani, editora da revista, é conhecida por apoiar “minorias” da moda, como as modelos maiores e negras, e de polemizar com assuntos que vão do excesso de botox às manchas de óleo derramadas por navios em alto mar. Abaixo, veja o desfile de Verão 2012 de Elena Mirò.